Lugares Património Mundial do Centro

Que projeto é este?

A operação Lugares Património Mundial do Centro desenvolve um programa integrado de valorização turística dos recursos únicos e de excelência, sediados na região Centro e inscritos na lista Património Mundial da Humanidade da UNESCO: o Mosteiro de Alcobaça, o Mosteiro da Batalha, a Universidade de Coimbra – Alta e Sofia e o Convento de Cristo em Tomar, em conformidade com a Estratégia Turismo Centro 2020, a qual integra uma proposta de alinhamento das opções estratégicas da ERTCP com as prioridades de investimento previstas no Programa Operacional Regional do Centro 2014-2020.

Este processo atua tendo em conta o reconhecimento da importância da cultura na atratividade e competitividade turística dos territórios – apresentando um programa cultural em rede, de cariz artístico e pedagógico, que dinamiza, valoriza e favorece os lugares património; e a necessidade de criar referências regionais de excelência turística que motivem e inspirem a restante oferta turística regional, valorizando-a e contribuindo para o desenvolvimento da Região Centro enquanto destino turístico – qualificando o acolhimento turístico, criando e reforçando uma rede comunitária e um produto turístico integrado de excelência.

Que objetivos pretendemos alcançar?

Quais os elementos inovadores deste processo?

Esta rede de Lugares Património Mundial e a sua inscrição numa região com as características de diversidade e completude da região Centro de Portugal, protagoniza uma extraordinária oportunidade para a criação de diálogos entre o património cultural da região Centro e expressões de património imaterial, nacionais e internacionais, reconhecidas pela UNESCO.  Para a ativação desta rede, dos seus respetivos territórios, e do cumprimento do seu papel para melhoria da oferta turística regional e nacional, é fundamental a criação de ferramentas e processos inovadores, desenhados à medida de todos e de cada um, através de:

 

Património da Humanidade do Centro de Portugal: uma linguagem comum

Legar exige, mais do que produtos ou obras, inovar. Inovar, através de uma marca que marca, porque traduz a legibilidade de um território que, a partir da sua rede nuclear de lugares classificados como da Humanidade, se abre a toda a diversidade patrimonial, populacional, cultural, paisagística, gastronómica e ambiental da Região Centro de Portugal. Inovar, trazendo esta marca para o centro da rede, tornando-a presente em toda e relação com a Comunidade envolvente e com a Comunidade turística, relacionando-se com aquela em continuidade e interagindo com esta antes, durante e após a sua viagem até nós.

Novas relações turísticas, renovadas relações com a comunidade

A rede Lugares Património Mundial do Centro constitui-se como um vetor inspirador para todo o território da região, que, através da qualificação da experiência para a qual convidam os visitantes, permita multiplicar aquilo que é essencial para a sobrevivência e para a melhor vivência de todos os territórios: a qualidade e a especificidade do efeito prescritor que quem experimenta, quem vivencia e por isso regressa por mais tempo, transmite aos que ainda não nos conhecem e, assim, ficam a desejar conhecer-nos.

Fazemos agora, e pela primeira vez na Região Centro, aquilo que o futuro exige de nós: mapear e coser uma rede entre os sítios Património da Humanidade da UNESCO da Região Centro, baseada num conceito comum e agregador, que complementa a oferta turística e gera um produto turístico mais atrativo, qualificando a experiência dos visitantes. Uma rede jamais fechada em si, e antes aberta a toda a região, na sua ampla diversidade, através de parcerias com estruturas do território.

A Rede Lugares Património Mundial do Centro, no mesmo movimento que reforça a ancoragem local de cada ícone patrimonial da região, fortalece a sustentabilidade futura de toda a região.

A operação Lugares Património Mundial do Centro é promovida e coordenada pela Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal em colaboração com os municípios de Alcobaça, da Batalha, de Coimbra e de Tomar, a Universidade de Coimbra e em parceria com o Ministério da Cultura, através da Direção Geral do Património Cultural e da Direção Regional de Cultura do Centro. Este projeto conta, ainda, com a parceria estratégica da Comissão de Coordenação e de Desenvolvimento Regional da Região Centro, sendo um projeto financiado no âmbito do programa Centro 2020.

Explore a região

Pontos de Interesse
Downloads
  • Lugares Património Mundial do Centro - Dossier de Apresentação download

O que visitar nesta Região

Continue a sua viagem e não perca o que de melhor temos para oferecer

No Centro dos Acontecimentos

Eventos relacionados com a Região
15, 16, 17, 22 e 23 de dezembro 2017

Pampilhosa da Serra Inspira Natal 2017

Coimbra

Pampilhosa da Serra

VER EVENTO
11 de nobembro a 30 de dezembro 2017

Anozero – Bienal de Arte Contemporânea de Coimbra

Coimbra

Coimbra

VER EVENTO
30 de dezembro 2017

40ª S. Silvestre Cidade de Coimbra

Coimbra

Coimbra

VER EVENTO
1 de Janeiro a 31 de Dezembro

Atividades da Fundação Mata do Bussaco

Coimbra

Mealhada

VER EVENTO
De Janeiro a Dezembro de 2017

Casa das Artes | Miranda do Corvo

Coimbra

Miranda do Corvo

VER EVENTO
1 de Janeiro a 31 de Dezembro de 2017

TAGV – Teatro Académico Gil Vicente

Coimbra

Coimbra

VER EVENTO