Atividades ao Ar Livre/Ria de Aveiro/Aveiro

Birdwatching no Centro de Portugal

É um amante da observação de aves? O Centro de Portugal é o destino ideal para si. Aqui, a cultura e a natureza andam de mãos dadas dando-lhe a oportunidade de viajar no tempo pela História de Portugal na companhia das mais raras e emblemáticas espécies de aves da Península Ibérica.

Comecemos pela Ria de Aveiro onde, para além dos tradicionais passeios de moliceiro, poderá também observar uma abundância de aves aquáticas. Limícolas, garças, cegonhas e flamingos são apenas algumas das espécies nidificantes da ria, tornando a região um verdadeiro paraíso para amantes de birdwatching.

Não muito longe, a Reserva Natural das Dunas de São Jacinto é um destino obrigatório para os amantes da natureza. O seu labirinto de trilhos leva-o por pequenos bosques, costas de areais e lagoas ao encontro de aves como o chapim-real, o guincho, a negrinha e o pato-marinho.

No Parque Natural da Serra da Estrela aproveite para descontrair e viva ao ritmo da natureza. Aventure-se por entre vales e montanhas e descubra uma diversidade de fauna e flora sem paralelo. Várias espécies de felosas, melros e andorinhas estão aqui presentes e podem ser observadas ao longo do ano.

Já na Serra de Montejunto e no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, estende-se uma paisagem em mosaico, onde terrenos agrícolas, pomares e pastagens, ou muros de pedras soltas, são interrompidos, aqui e ali, por pequenas manchas florestais e matagais. Nos pinhais e carvalhais, podem ser observadas espécies como a gralha-de-bico-vermelho, o pica-pau-malhado-grande, a trepadeira-comum, o chapim-preto, o chapim-de-poupa, o açor e o gavião.

No regresso ao litoral, descubra as aves habitantes da deslumbrante Lagoa de Óbidos. Local de eleição para as aves durante a migração pós-nupcial, a lagoa ganha uma nova vida sobretudo no outono e inverno. O Fuselo Limosa lapponica, o Pilrito-de-peito-escuro Calidris alpina ou o Maçarico-galego Numenius phaeopus são algumas das espécies que poderá observar.

E se preferir acompanhar a observação de aves com um pouco de desporto, porque não passar uns dias em Peniche? É verdade: um dos melhores destinos de surf do mundo é também uma das melhores regiões para observar aves migradoras da Europa!

Para uma experiência mais tranquila, o sossego imperturbável da Serra da Malcata dá-lhe as boas-vindas. Perca-se numa paisagem inigualável e encontre animais raros a cada passo. Esta é a casa da águia-caçadeira, do açor, da pega-azul e do rouxinol-do-mato.

E da serra passamos para o Rio Tejo, cujas margens verdejantes estão repletas das mais raras e emblemáticas espécies de aves da Península Ibérica. Nos bosques encantados do Geopark Naturtejo da Meseta Meridional, que abrange o Distrito de Castelo Branco e algumas regiões adjacentes, poderá observar cegonhas, águias e a raríssima ganga a sobrevoarem uma paisagem de cortar a respiração.

Mais a sul, onde o Rio Tejo passa a ser português, encontra o Parque Natural Tejo Internacional. Este é o seu local de eleição para observar aves locais como a rara cegonha-preta, a águia-imperial e o abutre-do-Egito.

Paisagens únicas, vilas históricas e uma diversidade ímpar de flora e fauna são apenas algumas das razões que tornam o Centro de Portugal o seu destino de eleição para a observação de aves.

Traga os seus binóculos, calce as galochas e vista o colete. A aventura está à sua espera!

Explore a região

Pontos de Interesse

Encontre toda a emoção
do Centro de Portugal

Descubra tudo o que pode fazer, os locais incríveis que pode visitar e transforme a sua viagem numa experiência inesquecível.

Atividades ao Ar Livre

Percursos Pedestres

explorar
Atividades ao Ar Livre

Atividades ao Ar Livre

explorar