“A Vida é Agora” distinguido com prémio “White Acacia” no SILAFEST – 12.º Festival Internacional de Filmes de Turismo e Ecologia.

O mais recente filme promocional do Turismo Centro de Portugal (TCP), intitulado “A Vida é Agora”, conquistou um importante prémio a nível internacional, no SILAFEST – 12.º Festival Internacional de Filmes de Turismo e Ecologia, na Sérvia. O filme com imagens da região Centro ganhou o prémio “White Acacia – Best General Sensibility of a Film”, (em português, “Acácia Branca”), atribuído ao filme em concurso que denota “maior sensibilidade”.

O filme “A Vida é Agora”, realizado pela Slideshow para o Turismo Centro de Portugal, foi apresentado a 31 de maio e partilha uma mensagem de esperança e de renascimento, após o mundo ter despertado em 2020 para uma realidade imposta pela pandemia de Covid-19. O filme pretende, de forma leve, original e divertida, assinalar o ressurgir de uma nova etapa da humanidade, com otimismo e alegria. Ao mesmo tempo, recorrendo a metáforas e a muito simbolismo, promove alguns dos principais ativos turísticos do Centro de Portugal.

Antes desta distinção no SILAFEST, o “A Vida é Agora” já tinha sido reconhecido como um dos melhores filmes a concurso no 13.º Festival Internacional de Filmes de Turismo “TourFilm Riga”, que decorreu em Riga, capital da Letónia, tendo sido o grande vencedor na categoria “Destinos Turísticos – Região”.

O SILAFEST – 12.º Festival Internacional de Filmes de Turismo e Ecologia realizou-se este ano sem a participação física dos competidores, devido à situação internacional.

É com grande satisfação que vejo a mensagem do novo filme do Turismo Centro de Portugal conquistar os jurados dos festivais em que participa. É uma mensagem de esperança e de otimismo para o futuro, que ilustra na perfeição os tempos desafiantes que a humanidade enfrenta. Como o filme nos mostra, a vida continua e depois de um período difícil seguem-se sempre tempos de renovação”, considera Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

Pode ver o filme “A Vida é Agora”, realizado por Simão Lopes e Tiago Cardoso, AQUI: