O presidente da Turismo do Centro, Pedro Machado, defendeu em declarações à agência Lusa que as Entidades Regionais devem participar na distribuição das verbas do Banco Central Europeu.

“As medidas previstas para o Turismo no plano estratégico de António Costa Silva são vagas, curtas e insuficientes”, disse Pedro Machado, garantindo que a Visão Estratégica para o Plano de Recuperação Económica de Portugal 2020/2030 é insuficiente para relançar o setor do Turismo.

Pedro Machado conclui ainda que quem conhece melhor a realidade dos investimentos no setor são as entidades regionais, que estão mais perto da realidade e encontram-se com maior capacidade de tomar medidas racionais”.

Veja as declarações do Presidente, na íntregra, aqui.