“Se estamos a confinar, se há menos receita direta e indireta daquilo que é o produto de uma matéria que vai para os cofres do Estado, o Governo que suspenda o pagamento de portagens e ajude os portugueses”, defendeu hoje Pedro Machado, presidente da Turismo do Centro de Portugal.

Leia a notícia completa do EXPRESSO.