Pedro Machado, presidente da entidade regional Turismo do Centro defende que tendo em conta a atual tendência da pandemia da covid-19, “pode-se estar a falar não de 30 dias de confinamento, mas de 60 dias”, mencionando que as ajudas à economia, por parte do Governo devem prever essa possibilidade. Na sua opinião, o novo pacote de medidas de apoio às empresas, em particular às do setor do turismo, deve “antever já a possibilidade da sua extensão” por um período mais longo.

Pedro Machado fez ainda um último balanço dos resultados do setor turístico, nomeadamente no Natal e Ano Novo, mantendo as expetativas quanto à Páscoa.

Estas e outras declarações do presidente neste artigo.