Foi aprovada a candidatura de Sever do Vouga à Grande Rota da Ria de Aveiro, comum aos 11 municípios da CIRA (Comunidade Intermunicipal da Ria de Aveiro), que avançará brevemente com a implementação dos traçados Verde e Dourado no território severense.

Já começaram os trabalhos de implementação da Grande Rota da Ria de Aveiro (GRRA), que abrange os onze concelhos que representam a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro, dos quais faz parte Sever do Vouga.

Esta Grande Rota é considerada um percurso de longa rota, que se prolonga por 560km de extensão total ao longo do território aveirense, dividindo-se em três percursos independentes, o Percurso Azul, o Dourado e o Verde.

Neste momento já foram efetuadas as verificações dos traçados, bem como a pintura de marcas que sinalizam as várias etapas dos percursos.

O Percurso Azul, que abrange a zona litoral aveirense compreendida entre Ovar e Vagos, já se encontra disponível e demarcado no terreno, seguindo-se agora o Percurso Dourado e o Percurso Verde, referentes ao concelho de Sever do Vouga, pois ambos cruzam o seu território. Seguir-se-á a instalação de balizas e conclusão de algumas pinturas no troço de Sever do Vouga à aldeia da Cerqueira, e do retorno até à Ponte do Abade de Santiago, e a finalização das artes finais relativas à sinalética dos recursos turísticos e às placas direcionais do percurso.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Sever do Vouga, António Coutinho, a integração de Sever do Vouga em mais uma Grande Rota é “uma mais valia para o concelho e para o seu desenvolvimento turístico”, frisando que não é a primeira Grande Rota onde o território severense marca a sua presença, relembrando a entrada do concelho em 2020 para a Grande Rota das Montanhas Mágicas. O
autarca associa também o crescimento da procura por Sever do Vouga à “possibilidade de aliar a prática de desportos ao ar livre, como as caminhadas, a corrida ou o ciclismo, à visita e usufruto de locais ímpares em beleza natural, como os que abundam no nosso concelho”.