Nos dias 3 e 4 de Julho, a Guarda, a cidade mais alta do país, celebra o que de melhor existe na região, no 1º Festival de Gastronomia de Altitude a acontecer em Portugal, o ALTITUDO. Numa parceria entre o Município da Guarda e a Amuse Bouche , com o apoio do Turismo do Centro, esta é uma iniciativa no âmbito do Arrebita Portugal, Grande Prémio da Academia Portuguesa de Gastronomia em 2020 e o único festival gastronómico já realizado em contexto de pandemia.

Com um percurso que tem início junto à Sé da Guarda, em pleno centro histórico da cidade, o ALTITUDO conta com um elenco de mais de 20 chefs nacionais e internacionais que irão cozinhar pratos inspirados na cozinha da região e nos seus produtos, como o cabrito, a batata, o pão, o queijo, os enchidos ou a vaca jarmelista. Estes produtos estarão também à venda no Mercado de Montanha situado dentro do recinto.

Pela primeira vez nos eventos Arrebita Portugal, um chef internacional junta-se aos chefs portugueses. Arcangelo Tinari (Villa Maiella, 1* Michelin), vem de Abruzzo, uma região com grande extensão de área montanhosa e conhecida como “a região mais verde da Europa”, uma vez que quase metade do seu território são parques e reservas naturais protegidos. O chef trará os sabores das montanhas italianas para as montanhas portuguesas.

Entre os restantes nomes confirmados estão Tiago Bonito (Casa da Calçada, 1*Michelin), António Loureiro (A Cozinha, 1* Michelin), Ricardo Nogueira (Mugasa), David Jesus e Sandra Freitas (Millstone Sourdough), Cristiano Barata e Miguel Diniz (Vifanas), Stéphanie Audet (Senhor Uva), Mateus Freire (Osso Bento), Francesco Ogliari e Marisa Diniz (Tua Madre) Leonor Godinho (Musa da Bica) e Pedro Oliveira (ex-Benu, EUA), Vítor Adão (Plano), Angélica Salvador (InDiferente), Maurício Vale (SOI), Miguel Peres (Pigmeu), Pedro Abril (Shogun), Zé Paulo Rocha (Velho Eurico), Natalie Castro (Isco) ou Hugo Brito (Boi-Cavalo).

A representar a gastronomia regional estarão ainda os chefs João Costa (Dsigual Wine House) e Ricardo Carola (Pensão Aliança), responsáveis pela cozinha de dois dos mais elogiados restaurantes da cidade da Guarda.

O festival terá ainda outra estreia: “Sangue na Guelra” pretende mostrar os talentos emergentes na cozinha, que começam agora a afirmar-se, onde estarão Gustavo Delgado (Senhor Uva) e Manuel Paiva (Musa da Bica). Este “novo espaço” vem reforçar o caráter abrangente do evento, aumentando a oferta ao público e proporcionando trocas de experiências entre chefs com estrelas Michelin e chefs mais jovens e promissores. A estes nomes juntar-se-ão ainda outros cujos nomes serão confirmados mais próximo da data.

O espaço foi pensado tendo em conta todas as regras da segurança em vigor e em parceria com as mais diversas entidades, com a C.M. Guarda, a Proteção Civil, os Bombeiros e a DGS. Nesse sentido, o número de visitantes é permanentemente controlado e limitado, para que todos possam desfrutar do evento em segurança.

Recorde-se que o ALTITUDO decorre entre as 13h e as 21h30 no dia 3 de julho, e no período das 13h às 21h no dia 4 de julho. Nos dois dias haverá pratos vegetarianos, de carne, peixe e sobremesas cujo valor rondará entre 6 e os 8 euros.

Nos dias 3 e 4, a Guarda é a capital da gastronomia de altitude. Venham descobrir os melhores sabores da montanha!

/// Leia Também: Guarda vai receber o 1.º Festival de Gastronomia de Altitude do País.