A Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal reuniu-se hoje em Assembleia Geral ordinária, que teve como pontos principais a aprovação do Plano de Atividades e do Orçamento para 2022.

A reunião decorreu de forma híbrida (presencial e online) no Centro Cultural Gil Vicente, no Sardoal, tendo os participantes aprovado todos os pontos da ordem de trabalhos, sem qualquer voto contra.

A Assembleia Geral foi dirigida por António Miguel Borges, presidente do município do Sardoal, em substituição do presidente da Mesa, José Augusto Alves, presidente da Câmara Municipal de Castelo Branco, e secretariada por Francisco Paz, em representação da Câmara Municipal de Coimbra.

Pedro Machado, presidente da Entidade, apresentou aos presentes o Plano de Atividades para 2022, que consolida a estratégia da Entidade apresentada em dezembro de 2019. O Plano prevê 8 Linhas Estratégicas de Atuação, com 25 Programas e 85 Projetos, cujas componentes foram explicadas por Pedro Machado.

Destaca-se uma forte aposta para 2022 na estruturação e desenvolvimento do turismo sustentável e do turismo ativo e desportivo, entre outros projetos.

Teve lugar de seguida a apresentação do Orçamento para 2022, assim como do Mapa de Encargos Plurianuais e do Mapa de Pessoal.

António Miguel Borges encerrou os trabalhos com uma mensagem de apreço pela escolha do Sardoal como local da Assembleia Geral. “Temos de reavaliar a questão da interioridade. Interioridade não é sinonimo de inferioridade. O interior de Portugal é tão bom que até fica perto do mar”, sublinhou o autarca anfitrião.

Fique com algumas imagens do evento: