Lugares Património Mundial do Centro

Que projeto é este?

A operação Lugares Património Mundial do Centro desenvolve um programa integrado de valorização turística dos recursos únicos e de excelência, sediados na região Centro e inscritos na lista Património Mundial da Humanidade da UNESCO: o Mosteiro de Alcobaça, o Mosteiro da Batalha, a Universidade de Coimbra – Alta e Sofia e o Convento de Cristo em Tomar, em conformidade com a Estratégia Turismo Centro 2020, a qual integra uma proposta de alinhamento das opções estratégicas da ERTCP com as prioridades de investimento previstas no Programa Operacional Regional do Centro 2014-2020.

Este processo atua tendo em conta o reconhecimento da importância da cultura na atratividade e competitividade turística dos territórios – apresentando um programa cultural em rede, de cariz artístico e pedagógico, que dinamiza, valoriza e favorece os lugares património; e a necessidade de criar referências regionais de excelência turística que motivem e inspirem a restante oferta turística regional, valorizando-a e contribuindo para o desenvolvimento da Região Centro enquanto destino turístico – qualificando o acolhimento turístico, criando e reforçando uma rede comunitária e um produto turístico integrado de excelência.

Que objetivos pretendemos alcançar?

Quais os elementos inovadores deste processo?

Esta rede de Lugares Património Mundial e a sua inscrição numa região com as características de diversidade e completude da região Centro de Portugal, protagoniza uma extraordinária oportunidade para a criação de diálogos entre o património cultural da região Centro e expressões de património imaterial, nacionais e internacionais, reconhecidas pela UNESCO.  Para a ativação desta rede, dos seus respetivos territórios, e do cumprimento do seu papel para melhoria da oferta turística regional e nacional, é fundamental a criação de ferramentas e processos inovadores, desenhados à medida de todos e de cada um, através de:

 

Património da Humanidade do Centro de Portugal: uma linguagem comum

Legar exige, mais do que produtos ou obras, inovar. Inovar, através de uma marca que marca, porque traduz a legibilidade de um território que, a partir da sua rede nuclear de lugares classificados como da Humanidade, se abre a toda a diversidade patrimonial, populacional, cultural, paisagística, gastronómica e ambiental da Região Centro de Portugal. Inovar, trazendo esta marca para o centro da rede, tornando-a presente em toda e relação com a Comunidade envolvente e com a Comunidade turística, relacionando-se com aquela em continuidade e interagindo com esta antes, durante e após a sua viagem até nós.

Novas relações turísticas, renovadas relações com a comunidade

A rede Lugares Património Mundial do Centro constitui-se como um vetor inspirador para todo o território da região, que, através da qualificação da experiência para a qual convidam os visitantes, permita multiplicar aquilo que é essencial para a sobrevivência e para a melhor vivência de todos os territórios: a qualidade e a especificidade do efeito prescritor que quem experimenta, quem vivencia e por isso regressa por mais tempo, transmite aos que ainda não nos conhecem e, assim, ficam a desejar conhecer-nos.

Fazemos agora, e pela primeira vez na Região Centro, aquilo que o futuro exige de nós: mapear e coser uma rede entre os sítios Património da Humanidade da UNESCO da Região Centro, baseada num conceito comum e agregador, que complementa a oferta turística e gera um produto turístico mais atrativo, qualificando a experiência dos visitantes. Uma rede jamais fechada em si, e antes aberta a toda a região, na sua ampla diversidade, através de parcerias com estruturas do território.

A Rede Lugares Património Mundial do Centro, no mesmo movimento que reforça a ancoragem local de cada ícone patrimonial da região, fortalece a sustentabilidade futura de toda a região.

A operação Lugares Património Mundial do Centro é promovida e coordenada pela Entidade Regional de Turismo do Centro de Portugal em colaboração com os municípios de Alcobaça, da Batalha, de Coimbra e de Tomar, a Universidade de Coimbra e em parceria com o Ministério da Cultura, através da Direção Geral do Património Cultural e da Direção Regional de Cultura do Centro. Este projeto conta, ainda, com a parceria estratégica da Comissão de Coordenação e de Desenvolvimento Regional da Região Centro, sendo um projeto financiado no âmbito do programa Centro 2020.

Explore a região

Pontos de Interesse
Downloads
  • Lugares Património Mundial do Centro - Dossier de Apresentação download

O que visitar nesta Região

Continue a sua viagem e não perca o que de melhor temos para oferecer

No Centro dos Acontecimentos

Eventos relacionados com a Região
29 de março 2019

PEDRO ABRUNHOSA & COMITÉ CAVIAR

Coimbra

Coimbra

VER EVENTO

Campeonato Distrital de Ginástica Acrobática

Coimbra

Ansião

VER EVENTO

Jornadas Teatrais

Coimbra

Ansião

VER EVENTO

XXIII Festival de Acordeão

Coimbra

Ansião

VER EVENTO
23 de fevereiro a 31 de março 2019

350 anos em imagens – Mealhada

Coimbra

Mealhada

VER EVENTO
01 a 31 de março 2019

Março no Salão Brazil

Coimbra

Coimbra

VER EVENTO