As Cerejas do Fundão

Todas as primaveras, a paisagem do Fundão transforma-se profundamente. Os montes verdejantes das serras envolventes pintam-se de branco e um aroma doce paira sobre as aldeias históricas da região. Estamos na época da cereja e, aqui, a cereja é rainha.

 

O passar dos meses traz consigo o calor do verão que ajuda a amadurecer os rubis que crescem nas árvores brancas que preenchem a paisagem. E é assim que começa uma das mais deliciosas celebrações nacionais, as festas da Cereja.

 

Um Símbolo Saboroso

Entre as serras da Estrela e da Gardunha é onde se guarda uma das mais apetecidas iguarias nacionais. A cereja do Fundão nasce e floresce aqui, por entre as aldeias onde ainda se vive ao ritmo das estações.

 

Não é possível saber a história exata de como originou a cereja do Fundão. Mas, aqui, uma coisa é certa: a cereja não é só um fruto. O seu paladar doce e fresco foi aproveitado pelos produtores regionais que souberam juntar a sua criatividade ao melhor da natureza numa combinação verdadeiramente deliciosa!

Não perca a oportunidade de provar compota de cereja, bombons de chocolate e cereja, pastéis de cereja, licor de cereja e ainda Gin e aguardente feitos com cereja do Fundão. Tudo para que possa apreciar ao longo do ano o irresistível sabor da Cereja do Fundão.

 

A Rota da Cereja

Parta à aventura e siga a Rota da Cereja, onde poderá participar em atividades várias, tais como, passeios em comboio turístico, tuk tuk,  balão de ar quente, piqueniques, ou ainda, desfrutar do programa do Município do Fundão, em parceria com a CP Comboios de Portugal.
Descubra o encanto das aldeias históricas e dos pomares de cerejeiras onde cresce e é apanhada a melhor cereja de Portugal!