A especial devoção a Santa Maria, pelos portugueses, manifesta-se na construção de Igrejas que Lhe são dedicadas ao longo do território que foi sendo reconquistado aos mouros.

O reconhecimento dos monarcas à Virgem está patente nos Mosteiros de Alcobaça e Santa Maria da Vitória (Batalha), que mostram a Sua relevância na história de Portugal.

Ainda na Idade Média, surgem os primeiros Santuários, como os de Nossa Senhora do Pranto (Dornes) e Nossa Senhora da Nazaré.

Por todo o Centro de Portugal encontra sinais da devoção mariana, seja em modestas capelas perdidas no alto dos montes, em imponentes mosteiros e catedrais ou em igrejas paroquiais, como a Igreja de Belmonte, onde poderá contemplar a imagem de Nossa Senhora da Esperança que, segundo a tradição, terá acompanhado o navegador Pedro Álvares Cabral ao Brasil. 

Incontornável para a Região, para o País e para o Mundo, é o Santuário de Fátima onde acorrem anualmente milhares de peregrinos para prestar homenagem à Virgem do Rosário, fazendo memória do ciclo de aparições marianas aos três Pastorinhos – Lúcia, Francisco e Jacinta.
As cerimónias do 13 de maio, pela sua intensidade devocional, são um acontecimento a não perder.


Percorra os caminhos para chegar a estes e outros Altares Marianos do Centro de Portugal e desfrute da cultura e tradição, em ligação com a natureza e as vivências espirituais.