Coimbra, a cidade que tanto tem para oferecer e ensinar!
É como se diz na canção “Coimbra é uma lição de sonho e tradição…”

Os estudantes dão vida à cidade e envolvem-se na sua dinâmica. São eles muitas vezes os responsáveis por manterem vivas as lendas, as tradições e as histórias que permitem que Coimbra seja um lugar único e singular. Quem estuda em Coimbra não esquece os momentos que passou e na altura da despedida fica a saudade de um tempo que não volta, mas que vai durar eternamente!

Venha daí e descubra os encantos desta cidade que tanto tem para oferecer!

/// A Cabra

Começamos por lhe falar da torre da Universidade que data de 1728 e possui quatro sinos. Um deles muito especial que é apelidado de “Cabra”. Adquiriu esta denominação, pela função que desempenhava de acordar os estudantes de manhã. Ainda hoje toca nos dias com atividades letivas a partir das sete e meia da manhã. Os sinos desta torre também têm a função de informar acerca de atos Solenes e da morte de docentes da Universidade.

Para saber mais sobre esta torre aceda aqui.

/// Escadas Monumentais

São imponentes e tornam-se muitas vezes palco de tradições académicas como a praxe. Possuem 125 degraus que estão divididos em cinco lances. A lenda associa o número de lances à duração dos antigos cursos e explica que o número de vezes que se tropeça na escadaria é o número de cadeiras que se vai reprovar nesse ano. Os estudantes têm assim um cuidado redobrado ao passar pela escadaria, não vá o azar bater-lhes à porta e terem de repetir mais uma cadeira!

/// Estátua de D. Dinis e…não só

Foi em 1290 que D. Dinis, através da criação do Estudo Geral, dá origem à Universidade mais antiga do país. Esta teve início em Lisboa e foi transferida em 1537 para Coimbra por D. João III.

É no cimo das Escadas Monumentais que se diz estarem as duas bolas do rei fundador da Universidade em Portugal. Conta a lenda que se um estudante se formar virgem, as bolas caem. Verdade ou não, as bolas ainda se mantém no seu lugar até aos dias de hoje!

Para saber mais sobre a história desta universidade que é Património Mundial da Unesco, vá aqui.

/// Mito da Raposa

A Faculdade de Direito foi criada no dia 5 de dezembro de 1836 e veio substituir as Faculdades de Leis e de Cânones. Sofreu diversas reformas curriculares desde essa altura até se tornar no conceituado espaço de conhecimento que hoje conhecemos.

A próxima lenda relaciona-se com esta faculdade, em particular com um objeto ao qual os estudantes decidiram associar um presságio.

Entre os Gerais e a Via Latina existe um azulejo de uma raposa. Este era pontapeado pelos estudantes com o objetivo de afastarem o chumbo. Passou a associar-se o animal ao insucesso escolar onde os rapozos são sinónimo de chumbos.

Para saber mais sobre a história desta faculdade aceda aqui.

/// Traje académico da Universidade de Coimbra

É o momento mais esperado pelos estudantes do primeiro ano, os chamados caloiros, o momento em que trajam pela primeira vez! Há muita emoção no ar, lágrimas que escorrem pelos rostos e abraços que são dados!

Mas afinal em que consiste o tão famoso traje académico dos estudantes da Universidade de Coimbra?

Os rapazes utilizam sapatos pretos, colete preto, batina preta, calças pretas, camisa branca, gravata preta e o mais importante, a capa preta. Já as raparigas devem usar sapatos pretos, camisa branca, saia preta, casaco cintado preto; meias altas pretas, gravata preta e também a famosa capa preta.

/// Celebrações Académicas da Universidade de Coimbra

Os estudantes possuem dois momentos de celebração por ano na cidade de Coimbra: a Latada e a Queima das Fitas. São momentos de grande alegria e animação, onde se promove a socialização e o convívio.

/// Latada

Celebra-se em outubro e tem início com a Serenata no largo da Sé Nova. O cortejo pelas ruas da cidade é um momento marcante desta festividade. Os estudantes do primeiro ano, levam latas amarradas aos tornozelos e estão vestidos com os fatos concebidos pelos seus padrinhos do curso. No fim do cortejo ocorre o batismo dos caloiros. Durante a semana da Latada têm lugar diversos eventos desportivos e espetáculos culturais.

Para saber mais sobre esta festividade vá aqui.

/// Queima das Fitas

Celebra-se em maio e tem início com a famosa Serenata Monumental no largo da Sé Velha. O cortejo é o ponto alto desta festividade, altura em que desfilam carros alegóricos dos cursos da academia, pelas ruas da cidade.
Durante oito dias os estudantes podem usufruir de atividades desportivas e culturais. Destaque vai para os concertos que têm lugar nesta altura.

Para saber mais sobre esta festividade aceda aqui.

Assim termina a nossa viagem por algumas das tradições e lendas da cidade de Coimbra, esta que vai estar sempre associada aos estudantes. As suas ruas serão sempre palco de convívios, alegrias e emoções fortes.

Tratando este artigo de lendas, histórias e tradições, há sempre uma grande componente de subjetividade e imaginação associadas.
Caso tenha alguma sugestão, partilhe-a connosco para: comunicacao@turismodocentro.pt.