Pai é aquele que muitas vezes nos coloca literalmente às cavalitas para alcançarmos de braços abertos o azul do céu. 

É aquele amigo que quando abraçamos sentimos o bater do coração.  

No dia 19 de março, celebra-se o Dia do Pai e, este ano, mais do que nunca o melhor presente que lhe podemos dar, é estar presente.  

Aproveite esta oportunidade e desafie-o a passar um dia diferente consigo.  

As nossas sugestões são incríveis. Ora veja! 

1| Pai com músculos

Se qualquer desporto ao ar livre enche as medidas do seu pai, damos-lhe como sugestão pedalarem juntos, lado a lado, pelo Centro de Portugal, zona que possui uma grande variedade de ciclovias (espaços destinados à circulação de pessoas utilizando bicicletas) e ecopistas (infraestruturas contínuas, com um moderado grau de facilidade, seguras e agradáveis de percorrer e cujo traçado se diferencia pelas suas características físicas e pelo modo como se insere na paisagem).   

Que tal a Ciclovia de Coimbra, uma sugestão mais urbana, com cerca de 14km pelas margens do Rio Mondego, onde a Mata do Choupal é o ponto de partida e a Portela a chegada.  

Na Ecopista de Sever do Vouga podem, para além de andar a pé e de bicicleta, trazer os patins ou os skates, pois o declive não é muito acentuado. Aqui, vão poder desfrutar de 10km sempre em contacto com paisagens verdejantes, para além de também atravessarem seis túneis e a centenária Ponte do Poço de Santiago. 

A Ciclovia de Almeida também pode ser uma opção agradável, dado que é possível percorrer os 3km do perímetro da Fortaleza de Almeida com o seu Pai.  

Na Ecopista do Ramal do Lena, pode encontra um percurso diferente para pedalarem juntos. Ao longo de 13km, é possível contemplar a paisagem das Serras de Aire e Candeeiros. Este trajeto percorre a antiga linha de caminho de ferro das minas da Bezerra até Porto de Mós, e a partir de certa altura, é feito por entre paredes de Pedra, antigamente usadas pela linha de ferro.   

Por fim, uma sugestão mais ambiciosa, para o caso do seu pai gostar mesmo de desafios. Sugerimos que percorram a maior ecopista de Portugal, a ecopista do Dão, com cerca de 48km em que pode desfrutar da natureza, do ar puro e de vistas estonteantes das Serras do Caramulo e da Serra da Estrela.   

Explore ainda no nosso site as seguintes sugestões: 
. Conhecer o Centro de Portugal de Bicicleta” 
. Os melhores sítios do Centro de Portugal para… andar de bicicleta como um campeão” 

ao som do episódio #7 do nosso Podcast.

2| Pai caminhante  


No Centro de Portugal existem centenas de percursos pedestres por percorrer. Dependendo da zona em que está, de certeza que facilmente irá encontrar um percurso!   

Já percorreram a Rota da Boa Viagem na Figueira da Foz? Tem uma vista linda sobre o mar.

Em Idanha-a-Nova também podem percorrer a Rota dos Abutres, a Rota da Egitânia e a Rota dos Fósseis!  

Mais sugestões aqui.  

3| Pai com olheiras  


Sabemos que nem sempre é possível fugir da rotina e das tarefas quotidianas; mas existindo espontaneidade e criatividade, tudo é possível. Lembra-se das histórias que o seu pai lhe costumava contar na infância, com aventuras fascinantes e façanhas cheias de desafios? Agora é a sua vez. Dê asas à imaginação e planeie uma fuga surpresa no Centro de Portugal.

Não lhe vai contar essa história, vai escrevê-la para que a possam viver juntos. E a escrita é uma reserva para um fim-de-semana relaxante num espaço de turismo rural imerso em natureza, num alojamento local encantador, numa pousada cheia de charme ou num inspirador eco hotel.

Seja qual for a escolha, a sua história tem três desfechos garantidos: Ele nunca a vai esquecer, vão viver momentos memoráveis e, sobretudo, em pleno conforto e segurança.

Escreva, ou melhor, reserve já!

4| Pai bom garfo  


Se o seu pai é um bom garfo e há muito tempo que não vão almoçar a um restaurante, porque não trazer o restaurante até si? Escolham um menu diferente do habitual e peça-o através do takeaway

Um suculento Leitão da Bairrada, uma saborosa Lampreia, uma boa dose de Chanfana ou quem sabe uma apaladada Caldeirada de Enguias, todos acompanhados com um bom vinho do Centro de Portugal. Há tantas opções para um almoço diferenteEspreite aqui.

5| Pai historiador  

Sabemos que não é a mesma coisa, mas porque não passar a tarde no seu sofá a visitar virtualmente os Museus da zona Centro que oferecem essa possibilidade? Já conhecem as ruínas de Conímbriga? E o Museu da Guarda?  Há tanto para conhecer na História de Portugal…

Podem conhecer juntos estes e muitos outros Museus de uma forma bem descontraída!  

6| Pai surfista  


Para este tipo de pai, temos opções para o surfista de banheira e para o surfista profissional!  

O surf, entre outros benefícios, coloca à prova o nosso equilíbrio e ajuda a fortalecer a nossa respiração.  

O “Canhão da Nazaré” pode ser a opção mais convidativa se os dois forem exímios profissionais de surf, pois este mar é conhecido pelas suas ondas gigantes.   

Na praia de Santa Cruz, em Torres Vedras, também encontrarão boas ondas!  

As praias da “Capital da Onda”, em Peniche são uma ótima escolha e convidam quer os iniciantes, quer os mais experientes a apanharem ondas.  

A “onda” de Buarcos, na Figueira da Foz, também pode ser uma excelente sugestão para uma atividade entre pai e filhos. Que tal uma competição na desportiva para ver quem se sai melhor?  

Saiba mais aqui e aqui



7| Pai com olho de Lince  


O Centro de Portugal é um dos habitats de muitas de aves e espécies em vias de extinção e pode ser uma atividade muito gira e diferente ir explorar com uns binóculos e na companhia do seu Pai, as espécies que aqui habitam!   

Em Vila Velha de Ródão conseguem encontrar a maior colónia de grifos do país! Cerca de 116 espécies algumas até raras! É preciso é terem bom olho! Olho de lince!  

A Pateira de Frossos, em Albergaria-a-Velha é um dos locais onde habitualmente as cegonhas brancas, os guarda-rios, as garças, os chamarizes e o chapim real costumam pousar! Já conhecem estas espécies? 

Se os dois gostarem mais de aventuras, porque não percorrem de carro ou bicicleta os trilhos do Lince Ibérico, na Reserva Natural da Serra da Malcata? Aqui podem encontrar raposas, javalis, ginetas, abutres negros e com menos probabilidade, pois existem em menor número, estão em vias de extinção e são mais noturnos, os linces ibéricos e ainda outras espécies que circulam livremente ao longo de 16 hectares de mato e pura natureza. 

Veja outras sugestões aqui, e aqui e ainda aqui.   



Esperamos que desfrutem de boas pedaladas e de boas caminhadas, que descansem, que comam bem, que aprofundem o vosso saber, que apanhem boas ondas, que observem espécies raras, mas sobretudo que tenham um…

Feliz Dia do Pai