Os Encantos Protegidos do Centro de Portugal

Todas as alturas são boas para partir à descoberta duma região rica em Parques e Reservas Naturais. Trace a sua rota de atividades em família e embarque numa aventura pelas maravilhas naturais do Centro de Portugal.

Parque Natural do Tejo Internacional – Um encontro com a natureza

E que tal uma aula de ciências ao ar livre? Junto ao Tejo, no Centro de Interpretação Ambiental do Parque de Castelo Branco, pequenos e graúdos têm a excelente oportunidade de aprender sobre a flora e fauna que pintam de mil cores este parque do Centro de Portugal.

Não perca também o Canhão Fluvial do Rio Erges. São três impressionantes desfiladeiros moldados pelo rio e que servem de espaço de nidificação de várias espécies de aves como o abutre do Egipto.

Não deixe por isso de enveredar por um dos vários percursos pedestres e usufrua de um encontro único e memorável com a natureza.

Mata do Buçaco – Contadora de histórias

Venha conhecer a Mata guardiã de histórias. Localizada no distrito de Coimbra, a Mata Nacional do Buçaco cobre-se por um véu de mistério, protegido pela sua rara e, por vezes, primitiva vegetação. As suas 11 portas de entrada convidam os visitantes a descobrirem um património natural e cultural, através de uma inebriante viagem no tempo.

Embrenhe-se pela floresta e surpreenda-se com as 80 espécies de aves que ali habitam, percorra o Vale dos Fetos e refresque-se nas inúmeras fontes que vai encontrando pelo caminho. Escolha um dos inúmeros percursos pedestres e deixe-se levar até à zona mais elevada da Mata onde encontrará uma floresta intacta à ação do Homem.

Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros – Grutas, dinossauros e castelos

Leve os seus jovens aventureiros até às Grutas de Mira d ́Aire. Trata-se da maior gruta turística de Portugal, com 180m de profundidade e abriga 18 espécies de morcegos, um dos símbolos da região. Visite também as Grutas de Alvados, Santo António e da Moeda.

Fascine os mais novos com as pegadas de Dinossauros no Monumento Natural das Pegadas da Serra de Aire e desperte a alegria dos mais gulosos na Vila de Porto de Mós, onde pode degustar o afamado cabrito assado no forno ou as morcelas de arroz.

Reserva Natural da Biosfera das Berlengas – Um Santuário de Fauna e Flora

Aproveite o calor do verão e organize um passeio em família até ao Arquipélago das Berlengas.

Localizado a seis milhas de Peniche, é nesta cidade piscatória que poderá apanhar o barco até este santuário natural.

E se a viagem de barco às Berlengas pode ser desaconselhada a estômagos mais sensíveis, a tranquilidade, a diversidade de fauna e flora e as águas límpidas do oceano tornam este arquipélago destino obrigatório para todos os que procuram uma experiência de puro contacto com a natureza.

Aprecie espécies únicas de vegetação no mundo, conheça o habitat de milhares de aves que povoam este arquipélago e dê um mergulho nas pequenas enseadas destas ilhas. Um programa perfeito para um dia de verão.

Reserva Natural das Dunas de S. Jacinto – O Laboratório Vivo

Se em casa tem pequenos cientistas, a Reserva Natural das Dunas de S. Jacinto é o local ideal para experiências ao ar livre.

Enverede pelo Trilho “Descoberta da Natureza” e num percurso de 6 km descubra um cenário moldado pela Ria de Aveiro, onde as águas do mar se misturam na água doce dos rios. Por aqui é possível observar garças, mergulhões, patos-reais ou andorinha-do-mar-comum cruzando os céus, enquanto raposas e genetas espreitam por entre uma vegetação rica e diversificada composta por uma zona de dunas e outra de floresta.

Leve os futuros cientistas ao Centro Interpretativo desta reserva natural, para que possam descobrir mais sobre esta paisagem de dunas.

Serra do Caramulo – Os bons ares da serra

Outrora local da mais famosa estância sanitorial da Península Ibérica, onde muitos procuravam alívio para as doenças respiratórias, na Serra do Caramulo pode aproveitar os bons ares da serra para retemperar as forças de toda a família.

Inserida no Distrito de Viseu, a Serra do Caramulo é um convite a um passeio a cavalo, de bicicleta ou a pé. Suba até ao Caramulinho, o ponto mais alto da Serra e deixe o olhar perder-se na imensidão da paisagem até à Serra da Estrela. Pelo caminho, desfrute das pequenas cascatas e cursos de água que polvilham esta serra.

E se é um amante de automóveis, não deixe de visitar o Museu do Caramulo, dedicado à arte e aos automóveis antigos.

Venha daí e traga a sua família para conhecer as maravilhas naturais do Centro de Portugal.