O Palácio dos Condes de Anadia é um dos mais magníficos exemplares do barroco setecentista em Portugal e faz parte do conjunto de “joias da coroa” do Centro de Portugal. Este edifício, que guarda no seu interior 500 anos da história da família Pais do Amaral, encontra-se aberto ao público, e as visitas podem até incluir uma Prova de Vinhos Conde de Anadia.

Situada em plena região de Viseu Dão Lafões e num ambiente palaciano, encontramos em Mangualde, no concelho de Viseu, o Palácio dos Condes de Anadia, uma Casa Senhorial privada construída no século XVI que no século XVIII se transforma num dos ex-libris do barroco português à semelhança de modelos das cortes europeias.

Palácio Condes de Anadia 3
Palácio Condes de Anadia

Inserido numa propriedade de 40 hectares, que mantém a sua estrutura original, o Palácio dos Condes de Anadia integra em zona contígua a mata e os jardins, originários do século XVIII, tornando-se assim um exemplar único no património nacional.
Graças ao seu valor cultural e natural, a propriedade que integra cerca de 10 hectares de vinha – que dão origem ao vinho Conde de Anadia – integra a Rota do Dão dos Jardins Históricos Portugueses pela Associação Portuguesa dos Jardins Históricos.

Palácio Condes de Anadia 4
Palácio Condes de Anadia 4

As origens da Casa dos Paes do Amaral, em Mangualde, remontava a finais do século XVI, mas foi a partir de 1644, quando Gaspar Paes do Amaral, Capitão-Mor de Mangualde, instituiu em vínculo à Capela que possuía nos termos da vila, localizada defronte do senado e consagrada a S. Bernardo, que o seu nome ficou engrandecido na história.

Palácio Condes de Anadia

No primeiro quartel do séc. XVIII, Simão Paes do Amaral, mandou reedificar a antiga casa sendo o seu filho Miguel Paes do Amaral, Fidalgo da Casa Real, Cavaleiro da Ordem de Cristo, e Senhor Donatário da Vila de Abrunhosa, que deu continuidade a este feito.

Palácio Condes de Anadia

Estas grandes obras, que transformariam a pequena casa com capela num dos mais importantes Palácios barrocos em Portugal, foram efetuadas ao longo de aproximadamente um século, só sendo concluídas no tempo de Simão Paes do Amaral Quifel Barberino, no séc. XIX.

Palácio Condes de Anadia

Em princípios do século XIX, o Palácio de Mangualde era conhecido por Casa dos Paes do Amaral mas, pelo casamento de Manuel Paes do Amaral de Almeida e Vasconcelos Quifel Barbarino, 10.º Senhor da Casa de Mangualde, com sua sobrinha D. Maria Luiza de Sá Pereira de Menezes de Mello Sottomayor, 3.ª Condessa de Anadia, passou a ser conhecido por “Palácio Anadia”.

Diz a história que muitas personalidades importantes passaram por este Palácio com destaque para o Marechal Massena, Príncipe d`Essling comandante do exército francês que, em 1810, invadiu Portugal pela terceira vez. O El-Rei D. Luiz I, que o visitou o Palácio em 1882 quando da inauguração do Caminho de Ferro da Beira Alta e mais tarde El – Rei D. Carlos I.

Palácio Condes de Anadia

Caracterizado por uma marcante fachada ocidental, por uma italianizante fachada sul e por uma fachada nascente acastelada, pelas suas cantarias, pelos azulejos setecentistas, e obras de pintores como Pellegrini, Giagenti, ou Lanzarotto, o Palácio Anadia é, em Portugal, um dos mais importantes exemplos da arquitetura senhorial setecentista. O Palácio tem uma quinta adjacente com Parque e seus jardins, e uma Mata plantada no século XVIII. O Conjunto arquitetónico está classificado como “Imóvel de Interesse Público”.

Palácio Condes de Anadia

Aberto ao público desde 2018, este magnifico espaço oferece visitas guiadas ao Palácio e permite conhecer as coleções representativas do lazer e quotidiano da família Pais do Amaral com destaque para os azulejos, a coleção de Trajes e Acessórios, coleção de Biscuits única em Portugal, assim como a coleção de mobiliário, gravuras e pinturas onde prevalecem autores como Vieira Portuense, Domenico Pellegrini, Lanzarotto e Paolo Girgenti

É ainda possível visitar os Jardins Históricos e realizar uma experiência mais completa que inclui uma Prova de Vinho Condes de Anadia.

Horário:

Aberto ao público de segunda-feira a domingo.

Horário de verão (01 de maio a 31 de outubro):
10H – 11H – 12H | 14H – 15H – 16H – 17H

Horário de inverno (01 de novembro a 31 de abril) :
10H – 11H – 12H | 14H – 15H – 16H

Contactos e marcação de visitas:  

Largo Conde de Anadia
3530-129 Mangualde
Viseu – Portugal
+351 232 622 138

info@palacioanadiamangualde.com
www.palacioanadiamangualde.com

*Reserva de visita recomendada.

(Artigo em permanente atualização. Agradecemos todos os contributos ou sugestões para: comunicacao@turismodocentro.pt)