Vinhos do Tejo

Deixe-se surpreender pelos aromas e sabores distintos dos Vinhos do Tejo, cuja qualidade e fama antecedem a fundação da nacionalidade, atestada pelo próprio D. Afonso Henriques, em 1170, no foral da cidade de Santarém.

Terras repletas de história reúnem as condições edafo-climáticas propícias para a produção do vinho, daí a diversidade de castas que encontramos na região, desde as tintas até às brancas, e todas elas resultam em excelentes vinhos.

A oferta é vasta e inclui vinhos brancos, tintos, rosés, espumantes, frisantes, licorosos e, inclusive, vinhos de colheita tardia, os quais pode provar, enquanto deleita-se com os pratos e doçaria típica da região.

 

Rota dos vinhos do Tejo

Aproveite e percorra a rota dos vinhos do Tejo. Existem quatro percursos ao seu dispor: o Tesouro Gótico, cujo percurso circunda Santarém, a capital do gótico; Touros e Cavalos, um circuito pelas margens planas do Tejo, que serve para homenagear o Ribatejo tradicional; o Beira Tejo, um percurso marcado pelas infindáveis vinhas e aldeias de casas brancas; e, por último, o Tesouro Manuelino, através do qual terá a oportunidade de saber um pouco mais da cidade de Tomar, onde o Convento de Cristo, Património Mundial da Humanidade, é uma excelsa representação do estilo manuelino.

Independentemente da sua escolha, não se esqueça de integrar no seu roteiro as pitorescas adegas e quintas mais emblemáticas da região, descobrindo assim a tradição da cultura da vinha e, naturalmente, uma excelente oportunidade para degustar os vinhos de qualidade única que caracterizam a sua oferta vinícola.

Por isso, venha connosco descobrir o que esta região tem para lhe oferecer, aproveitando para usufruir das paisagens únicas das margens banhadas pelo Tejo, conhecer castelos, mosteiros e monumentos impregnados de história e, claro, desfrutar da sua gastronomia e vinhos inconfundíveis.