ALENQUER, UM MUNDO A DESCOBRIR ÀS PORTAS DE LISBOA!
Alenquer é um concelho que pertence ao distrito de Lisboa, região Centro de Portugal e sub-região do Oeste, com cerca de 45 000 habitantes. É banhada pelo rio do mesmo nome, terra de paisagens, quintas, vinhos e de muita história…
Mercê da sua disposição em encosta, partindo do topo de um outeiro em direção ao vale, há muito que Alenquer conquistou o epíteto de Presépio de Portugal, sendo lugar de eleição dos portugueses para uma visita na quadra natalícia!
Berço de Damião de Góis e das Festas do Império do Divino Espírito Santo, é igualmente terra predileta de Camões, tendo desempenhado um papel preponderante em cada época da história. Testemunho disso é o seu riquíssimo património: sítios pré-históricos, castelos, conventos, basílicas e igrejas, quintas e casas senhoriais.
Sede de antiga e importante Judiaria, preserva ainda hoje algum património dessa época, algumas ruas e edificações desse povo, tendo centrado no Museu Damião de Góis e das Vítimas da Inquisição, todas as referências a esse período histórico.
Vila de charme, banhada pelas frescas águas de seu rio, possui um significativo conjunto de espaços museológicos que possibilitam a todos conhecer e compreender melhor a nossa história através da arte, do vinho, da história, do humanismo, do incrível património imaterial concelhio!
Alenquer é, há oito séculos, sede de um vasto concelho agrícola e vitivinícola, que apresenta uma paisagem característica única na proximidade a Lisboa, transição entre o campo outeirado do Oeste e a planície. Nos campos da região a vinha é a marca predominante e constitui a base ancestral da sua economia.
Hoje no concelho de Alenquer, quarto maior produtor de vinhos a nível nacional, quinto com a maior área de vinha plantada, concelho mais premiado nacional e internacionalmente através dos seus vinhos, vive-se o orgulho de se ser uma das Capitais Europeias do Vinho, onde se produzem dos mais requintados e reconhecidos vinhos de todo o território português.