Cidade de luz, de património e tradições enraizadas, Castelo Branco é rica em Natureza, Sabor e Cultura. Repleta de história e com um património de incalculável valor, esta cidade secular dispõe de uma grande diversidade de espaços e de múltiplas atividades, com um ambiente próximo e familiar, onde a serra e a cidade se cruzam.
Com uma oferta cultural ímpar, que revela a história que moldou a região durante séculos, a Rota dos Museus, composta por dez museus, revela-nos a “História da Seda em Portugal”, a herança deixada pela indústria têxtil, a história dos canteiros no concelho, a presença judaica na cidade, a história dos portados quinhentistas, as obras do célebre modernista Manuel Cargaleiro, exposições de artistas nacionais e internacionais e o Bordado de Castelo Branco, com reconhecimento que ultrapassa fronteiras, sendo o maior testemunho da história da cidade, que é também fonte única de seda em Portugal. Castelo Branco dispõe também de um exemplar único e original do Barroco em Portugal, o Jardim do Paço Episcopal e é através do Castelo, que se ergue sob a cidade, que se conhece um pouco mais sobre a sua história militar, brindando os visitantes com uma vista panorâmica sobre a cidade.
É também neste concelho, do interior de Portugal, que ambientes únicos de espaços infinitos e com natureza de grande biodiversidade se revelam, tais como o Parque Natural do Tejo Internacional, onde é possível realizar atividades de birdwatching, ou passeios de barco com paisagens deslumbrantes. A Serra da Gardunha é outro ex-líbris do concelho, que permite a realização de percursos BTT, passeios pedestres, trails e ainda realizar voos de Asa Delta, Paramotor e Parapente. Para momentos de descontração sem sair da cidade a Piscina-Praia de Castelo Branco dispõe de uma atmosfera tropical de águas cristalinas, revelando-se um verdadeiro oásis que merece ser visitado na época estival.
Em Castelo Branco o paladar é também enriquecido por sabores tradicionais da região, que merecem ser provados nos vários certames dinamizados pelo concelho, onde se destacam os produtos endógenos e os pratos típicos da região, com caráter único e com qualidade reconhecida. O Sabores de Perdição, o maior certame do concelho realizado no final de maio, revela a região enriquecida pelos queijos com sabor, pelos enchidos com tradição, pelo delicioso mel, pelo vinho intenso e pelo azeite único. Também o Natal Branco já é um evento consagrado na região, realizado durante o mês de dezembro, que revela a magia da época natalícia em Castelo Branco para todas as idades.