Palco de inúmeras páginas da história de Portugal, Montemor-o-Velho é um território que respira identidade, tradição, gastronomia, mas também felicidade e futuro.
Visitar o concelho de Montemor-o-Velho é viajar por um autêntico festival de sentidos. Venha conhecer a excelência da gastronomia, as sempre inspiradoras paisagens que oscilam ao sabor das estações, um património intimamente ligado à evolução do nosso país e experiencie a simpatia das nossas gentes.
O imponente Castelo de Montemor-o-Velho, a maior fortificação do Mondego e uma das mais belas do País, está cercado pelos extensos arrozais que lhe dão um tom ora azulado, ora verdejante, outras vezes amarelecido. É aqui que cresce o Arroz Carolino do Baixo Mondego, tão saboroso quanto versátil.
Aproveitando o melhor que os campos e o Rio Mondego oferecem, o concelho de Montemor-o-Velho é fértil no património gastronómico que desafia o requinte e tenta os paladares.
A excelência da doçaria tem nos doces conventuais e regionais, tais como o pastel de Tentúgal, a queijada de Pereira e a pinha de Montemor, os seus deliciosos embaixadores.
Montemor-o-Velho é um espaço vibrante, pleno de manifestações culturais e com um tecido associativo extremamente dinâmico e empreendedor. As quatro filarmónicas, todas com mais de 100 anos, os grupos folclóricos ou os clubes desportivos são um exemplo da vitalidade concelhia.
Palco de inúmeros feitos históricos, também ao nível do desporto Montemor-o-Velho se destaca, com o Centro Náutico de Montemor-o-Velho a oferecer uma das melhores pistas internacionais para a prática de desportos náuticos que já sagrou diversos campeões.
Deambular pelas ruas dos centros históricos é ter um encontro, a cada recanto, com as tradições e com a inovação.
Não perca, em março, o Festival do Arroz da Lampreia, com o elogio aos produtos endógenos e aos sabores do campo e do rio. Em setembro é tempo de Feira do Ano, o rodopio festivo do concelho, e, em dezembro, o Castelo Mágico faz de Montemor-o-Velho o coração do Natal na região.
Descubra, viva e apaixone-se por Montemor-o-Velho. Temos a certeza de que vai regressar a este aconchegante território que, a cada chegada, nos faz mais felizes.