Uma das principais riquezas do concelho é o seu património natural, cuja melhor forma de a descobrir é através de percursos ao lado do Rio Zêzere ou a acompanhar a Ribeira da Pena. Outra possibilidade é o caminho florestal que nos leva à albufeira da Bouçã, mesmo no sul do concelho. Há ainda a estação arqueológica da Devesa.

Quem prefira passeios de carro tem o miradouro da Barragem do Cabril que permite ver o enorme lago e, no lado contrário, o vale profundo do Zêzere onde estão duas pontes. Uma é a Ponte Filipina, construída no início do século XVII, classificada como monumento nacional.

A zona da Barragem do Cabril tem grande procura nos dias com mais calor devido à praia fluvial. Não é a única no concelho. Há ainda a da Mega Fundeira, com a água do Zêzere, e para lá chegar pode dar uma volta à Picha, a aldeia que fica no caminho. Outra praia fluvial que é um tesouro é no Mosteiro.

O concelho de Pedrogão Grande tem dois monumentos nacionais e outros dois classificados de interesse público. Além da Ponte Filipina, é também Monumento Nacional a Igreja Matriz.

Não muito longe da Igreja Matriz está o Relógio e é convidativo dar um passeio a pé pelo centro histórico. As ruas estão bem arranjadas, limpas e algumas ainda mantêm traços medievais.

Numa pequena praça vai encontrar uma outra pérola de Pedrógão Grande, a Capela da Misericórdia. É do séc. XV e tem um museu de arte sacra com retábulos raros em Portugal. A Capela está classificada de Interesse Público, como também o Pelourinho que está junto da Igreja Matriz.

Se ainda tiver tempo, descubra a Graça e Vila Facaia, onde há um núcleo museológico de concertinas e acordeões.

No que diz respeito à gastronomia os pratos mais típicos são a sopa de peixe, cabrito, maranhos e bucho de porco recheado.

Sugere-se que o ponto de partida da visita seja o Centro de Interpretação Turística. Composto por 6 áreas distintas: recepção, Café, área de acesso à Internet, área expositiva sobre a rede das Aldeias do Xisto, loja de venda de artesanato e pátio exterior. Na área expositiva do piso um, estão disponíveis instalações interativas que retratam de uma forma criativa e inovadora, conteúdos turísticos sobre a Região de Turismo do Centro, Rede de Aldeias de Xisto e, em particular, sobre a Vila de Pedrógão Grande.