Às portas da capital e com um património natural e paisagístico de grande beleza não faltam apelos a permanecer na região de Sobral de Monte Agraço.

 

A história da existência destas terras remonta ao século XII e é testemunhada permanentemente pela herança patrimonial e cultural que se manifesta nos locais e recantos mais inesperados.

Com dois monumentos nacionais no seu território, as Linhas de Torres Vedras e Igreja de Santo Quintino, não faltam motivos para conhecer e se apaixonar por Sobral de Monte Agraço.

Sobral de Monte Agraço integra a Rota Histórica das Linhas de Torres e no Centro de Interpretação das Linhas de Torres, localizado no Centro Histórico da Vila, pode aproveitar para saber mais sobre as invasões francesas e a importância das Linhas de Torres.

De seguida recomendamos que visite o Circuito do Alqueidão, neste local, poderá calcorrear a estrada militar que foi construída durante a 3ª invasão francesa e visitar o Forte do Alqueidão, percurso que também o Duque de Wellington fazia todas as manhãs, para verificar a posição do exército napoleónico.

Por entre serras e vales que se perdem no horizonte surgem também vários Moinhos, representando, uma das grandes atividades agrícolas do concelho, a moagem de farinha. Aproveite ainda a topografia do terreno para se aventurar numa caminhada ou BTT, nos vários percursos e trilhos marcados.