“As origens da Adega do Fundão remontam há mais de meio século. Na realidade, foi em 1949 que 30 sócios criaram na cidade do Fundão, na bela e fértil região da Cova da Beira, a “sua” cooperativa.

A cultura da vinha nesta região é uma realidade muito antiga, remontando ao tempo em que os romanos ocuparam a Península Ibérica. Como prova, foi encontrada numa vinha chamada “A Forca”, perto do Fundão, juntamente com mós e tijolos romanos, uma estatueta do século II d.C., representando um homem com um cesto de uvas à cabeça. Esta estatueta, que se encontra exposta no Museu Nacional de Arqueologia em Lisboa, tornou-se o símbolo institucional da Adega do Fundão, estando presente em todos os seus rótulos.”(ACF)