A Região Demarcada dos Vinhos do Dão é a mais antiga região demarcada de vinhos de mesa em Portugal. A Quinta da Fata situa-se junto à aldeia de Vilar Seco, no concelho de Nelas, coração dos Vinhos do Dão. Quem visitar Nelas deparará com o monumento “Ao Escanção, por bem servir”. Este monumento,  homenageando a profissão escanção, demonstra bem a importância que se dá na região ao vinho e à sua qualidade. Foi mandado erigir pelo Dr. Eurico Amaral, proprietário e produtor de vinho na Quinta da Fata, pai dos atuais proprietários, quando era Presidente da Junta de Turismo das Caldas da Felgueira.

O Dr. Eurico Amaral  foi  um dos fundadores e sócio número um da Adega Cooperativa de Nelas a primeira da Região. A vinha da Quinta da Fata, foi recentemente replantada tendo em consideração as necessidades de modernização e as capacidades de produção actuais. Seleccionaram-se as castas mais representativas da Região do Dão: Touriga Nacional, Tinta Roriz, Alfrocheiro, Jaen e Encruzado. O tipo de solo e a sua exposição a Sul favorecem uma produção de qualidade.

O vinho Quinta da Fata continua a ser produzido na Quinta, utilizando os processos clássicos, com curtimento em lagares de granito e estágio em cascos de carvalho. Tem obtido numerosos prémios em concursos nacionais e internacionais.

Nota: Texto retirado do site http://quintadafata.com/