O Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz vai ser palco, dia 1 de junho, pelas 21h00, do espetáculo “Ópera Pimpinone”, no âmbito do 19º Aniversário do CAE.

Em português se conta a história de Vespetta. A camareira procura marido e vê no rico mercador Pimpinone uma possibilidade de independência. Assim, deliberadamente, Vespetta seduz Pimpinone que se apaixona por ela e lhe oferece emprego.

O Intermezzo Pimpinone foi um dos maiores sucessos do compositor alemão Georg Philipp Telemann (1681-1767). Para aliviar as fatídicas histórias das grandes tragédias, que muitas vezes exigiam longas trocas de cenário, era comum intercalar nos intervalos os chamados intermezzi com música mais leve, com temas cómicos, seguindo a tradição da ópera buffa.

Pimpinone é uma ópera cómica em três partes com música de Telemann e libreto em alemão de Johann Philipp Praetorius, sobre libreto original, em italiano, de Pietro Pariati. A sua estreia ocorreu em Hamburgo, a 27 de setembro de 1725, com o objetivo de divertir o público durante os intervalos da adaptação que Telemann fez da ópera séria Tamerlano, de Händel.

Soprano: Vespetta – Tânia Ralha

Baixo: Pimpinone – Nuno Mendes

Ator: Diniz Lugdero

Orquestra: Camerata Joanina

Direção Musical: António Ramos

Encenação: Mário João Alves

Sinopse: Licínia Regateiro

Produção: Jorge Silva

M 12 anos

Espetáculo no âmbito do projeto “Coimbra Região de Cultura – Programação Cultural em Rede”.

A entrada é gratuita, mediante levantamento de ingresso na bilheteira do CAE.