Num ano atípico e com todas as incertezas provocadas pela evolução da crise pandémica, o Município de Proença-a-Nova, embora respeitando as normas sugeridas pela Direção Geral da Saúde, continua a programar algumas atividades, sendo exemplo disso, o Mercado dos Sabores de Natal, que decorrerá, caso nada dite o contrário, em dois fins de semana de dezembro (dias 12 e 13 e dias 19 e 20), no Mercado Municipal e espaços envolventes.

Apesar da crise de saúde pública provocada pelo novo coronavírus, tentando que não se agrave como crise económica e social, a autarquia assume a responsabilidade de “contribuir para a manutenção da normalidade possível e, ao mesmo tempo, para a dinamização do sector cultural que, como tantos outros, tem sido profundamente afetado pelos efeitos da pandemia”. Está por isso já a receber inscrições de associações, artesãos e produtores locais que querem participar no evento.

Em comunicado, reitera assim que o Mercado dos Sabores de Natal está a ser planeado e adaptado às normas impostas pela DGS, disponibilizando no seu site o plano de contingência para atividades culturais. Para este evento em particular, será elaborado um plano específico, de modo a garantir a segurança dos participantes e dos colaboradores.

O Mercado dos Sabores de Natal irá sofrer algumas adaptações, desde logo, o espaço interior do Mercado Municipal irá ter circulação alternada e limite de permanência de pessoas no espaço, entre outras regras já aplicadas semanalmente às quintas-feiras, dias do funcionamento deste equipamento. As habituais cozinhas ao vivo, assim como a animação teatral com o tema da época, terão lugares limitados na assistência e existe a possibilidade de serem transmitidas online.