A intenção do Município de Pinhel é a valorização deste produto, da abrangência económica e social do mesmo e, essencialmente, do tempo que as populações do concelho dedicam à questão vitivinícola.

O terroir pinhelense é “às de trunfo” que diferencia este produto. O terroir pinhelense confere a frescura conhecida, aos vinhos saídos dos solos montanhosos e graníticos do concelho.

Vinhos de qualidade excecional frequentemente premiados em vários certames e concursos nacionais e internacionais.

A Rota dos Vinhos da Beira Interior será o abrir portas ao comum visitante.

O concelho é atualmente um dos mais dinâmicos na região ao nível da promoção e organização de eventos

Pinhel é um dos concelhos com mais área de vinha da Beira interior. As áreas de exploração vinícola mais recentes conjugadas com a reconversão que tem vindo a ser feita transformam a paisagem em locais de grande beleza paisagística, e de grande valor patrimonial, podendo e devendo ser potenciados para o Enoturismo e para o Agroturismo.

Podemos por tal, afirmar que o “Vinho”, no concelho, é mais que um produto.

A “Cidade do Vinho” 2020-21, é uma pretensão bem vincada e clara para o executivo municipal. É mais um passo que a estratégia municipal, definida desde há algum tempo, quer para promover o concelho e diferenciá-lo pela excelência.

Queremos que essa designação faça parte da afirmação de Pinhel no panorama vitivinícola regional e nacional.