A 29ª edição do Festival Sete Sóis Sete Luas continua em Pombal em agosto para promovendo as artes e culturas lusófonas e do Mediterrâneo. A rica programação
começa com uma residência artística de 2 a 7 de agosto do conhecido street artist cabo-verdiano Tutú Sousa, que realizará um mural dedicado a morna. Autodidata no domínio da pintura e da escultura, na trajetória deste artista contam-se exposições individuais e coletivas em várias ilhas de Cabo Verde e em vários países europeus e nos EUA.

Depois, a 7 de agosto no Jardim do Cardal, às 19h será a volta do espetáculo de bicicleta acrobática de Jessica Arpin. Nascida em Salvador da Bahia, no Brasil, Jessica é artista de circo, palhaça, atriz e exploradora e estudou teatro e circo no Théâtre-Cirque. Jessica Arpin apresenta os seus espetáculos, que juntam teatro, circo, espetáculo de rua, cabaré e acrobacias, nos festivais do mundo inteiro: Brasil, Bélgica, Nunavut (Pólo Norte) e outras zonas do Canadá, Suíça e Itália.

A seguir, a 14 de agosto no Jardim do Cardal, às 21h30 o Festival Sete Sóis Sete Luas apresenta uma produção musical original com Gwendoline Absalon, conhecida cantora da ilha da Reunião, com a Santo Antão 7Sóis Band, composta por cinco músicos da ilha de Santo Antão (Cabo Verde), que apresentam um repertório que defende a tradição musical das montanhas dessa terra, através da recolha musical das canções de trabalho dos camponeses e dos pescadores, utilizando o crioulo, que confere aos temas uma emoção muito especial.

A 20 de agosto, às 21h30 no Jardim do Cardal, acontece a performance de clowneria de Jango Edwards, artista, palhaço e comediante de mil facetas, conhecido pelas inúmeras aparições em festivais internacionais e na televisão.

No dia 21 de agosto, às 21h30 no Jardim do Cardal, o público poderá assistir ao espetáculo de flamenco de Ana Gonzalez, grupo representativo do atual panorama do flamenco andaluz.

A 28 de agosto, às 21h30 no Jardim do Cardal, tocará o coletivo musical Parafoné, que atua desde 2005 e representa uma das bandas mais inovadoras do sul da Itália no
panorama da Música do Mundo.

Por fim, a 5 de setembro, às 21h30 na Praça Marquês de Pombal, o Festival conclui-se com a atuação da Med Arab 7Sóis Ensemble, com a participação especial do músico pombalense Ricardo Silva.

MAIS INFORMAÇÕES AQUI!