Saltar para o conteúdo

Programa Portugal Events: Cinco milhões por ano para apoiar eventos

19 Outubro 2021
Programa Portugal Events

Foi publicado em Diário da República, esta segunda-feira, 18 de outubro, o despacho normativo do “Programa Portugal Events”, uma medida inscrita no Plano “Reativar o Turismo | Construir o Futuro” e que visa apoiar a organização de novos eventos, “contribuindo para a retoma da atividade económica, com os efeitos positivos daí advenientes para as empresas (designadamente as micro, pequenas e médias empresas), para o emprego e para a economia nacional”.

Os apoios financeiros disponibilizados por este programa direcionam-se à “organização de eventos que pelo seu posicionamento, notoriedade e imagem internacional contribuam para a qualificação da experiência turística e para a adequada estruturação de produtos turísticos ou para o desenvolvimento da economia, a nível nacional ou regional, enquadrando-se, de pleno, nas medidas de retoma da atividade turística”.

São suscetíveis de apoio os seguintes eventos:

1 – Eventos de grande dimensão internacional, realizados em Portugal, nomeadamente de natureza desportiva, artística, cultural, científica ou outra, que se mostrem relevantes para a atração de turistas estrangeiros e para a promoção internacional de Portugal enquanto destino turístico, bem como que se revelem inovadores e precursores de tendências;

2 – Eventos, incluindo espetáculos de natureza artística, desportiva, cultural, animação ou de negócios, de dimensão relevante, que cumpram uma das seguintes características:

  • Contribuam para a projeção da imagem de destino turístico da região onde se realizam, para o aumento da notoriedade dessa região no mercado interno (alargado) e para a melhoria da experiência turística para os turistas nacionais e internacionais não residentes na região;
  • No caso de se realizarem fora de Portugal, reforcem a imagem de Portugal como um país inovador, precursor de tendências e autêntico;

3 – Eventos associativos ou corporativos não consolidados no calendário dos territórios onde se realizam.

Este programa tem uma dotação de cinco milhões de euros por ano – é financiado pelo Turismo de Portugal – e estará em vigor até 31 de dezembro de 2023.

Consulte o Despacho Normativo n.º 26/2021