Saltar para o conteúdo

Nesta rubrica de reportagens fazemos um ponto de situação de projetos finalistas do nosso concurso de empreendedorismo turístico ou, eventualmente, de projetos que nos são apresentados no decurso das reuniões de esclarecimento. São projetos ainda em processo de concretização, com desafios para enfrentar e metas para alcançar. São empreendedores que lutam diariamente para validar a sua aposta. Passo a passo, ideias e esboços vão-se solidificando em empreendimentos. Aqui, partilhamos essa caminhada.

O Concurso de Empreendedorismo Turístico / Prémio José Manuel Alves é organizado anualmente pelo Turismo Centro de Portugal e destina-se à deteção e apoio a projetos inovadores no setor do turismo com implementação na região Centro de Portugal.

Leiritur
18 Outubro 2021

Leiritur: empreendedorismo jovem em tempos de quarentena

Uma jovem leiriense de 18 anos criou uma aplicação para telemóvel que aglomera informação turística de património cultural, histórico e religioso, gastronomia, alojamento, locais de lazer e até lendas da sua região. Não foi numa escola tecnológica nem no departamento informático de uma universidade. Criou-a fechada no seu quarto, durante a quarentena.

Saiba mais
Uniplanet, sustentabilidade do turismo no Centro de Portugal
21 Julho 2020

UniPlanet:11 anos a plantar inspiração

Patrícia Esteves, fundadora do UniPlanet, está a criar várias hortas comunitárias na Região Centro. Algumas, em empreendimentos turísticos. Tem grandes planos para a sustentabilidade do turismo em Portugal: Está a investir conhecimento no sector, com um doutoramento através do qual estuda a relação de Coimbra com o turismo e investiga estratégias para o tornar mais sustentável na cidade. E acaba de lançar uma iniciativa no seu Uniplanet, com um ciclo de artigos dedicado a projetos turísticos a nível nacional que se destacam pelo seu compromisso com a sustentabilidade. Há já cinco empreendimentos da zona Centro abordados na iniciativa.

Saiba mais
Casa Santa Onde habita o sonho da Rita
26 Junho 2020

Casa Santa: Onde habita o sonho da Rita (II)

As circunstâncias afastaram Rita Cassilda do seu Indústria Central e o projeto ficou subitamente desalojado. Mas a empreendedora de Penacova não desanimou e foi em busca de alternativas. Seria a antiga casa da avó a dar abrigo ao seu velho sonho. Conheça a Casa Santa, um projeto ímpar de turismo sustentável e criativo, onde o hóspede tem a oportunidade de viver uma experiência de conexão com a natureza e de consciência sustentável.

Saiba mais
Indústria Central em Penacova
25 Junho 2020

Indústria Central: Onde se fabricou o sonho da Rita (I)

A Rita tinha um plano arrojado: transformar o antigo negócio da família, uma zona industrial de extração de inertes abandonada há anos em Penacova, num projeto turístico. A sua história é particularmente ilustrativa do espírito empreendedor porque, face a um obstáculo incontornável e fora do seu controlo, teve de abdicar de tudo o que tinha idealizado, resistir à tentação de desistir, aproveitar todo o trabalho e conhecimento alcançado e começar de novo, adaptando o desígnio a uma realidade completamente diferente.

Saiba mais
Nascer crescer e empreender numa terra cheia de fenómenos
17 Dezembro 2019

Nascer, crescer e empreender numa terra cheia de fenómenos

Paula Carloto ouviu histórias insólitas toda a sua vida. Nasceu e cresceu numa terra famosa pelos fenómenos estranhos. E a sua família está por trás da perpetuação dessa fama. Hoje, Fenómenos do Entroncamento é uma marca registada por si. Nas suas veias fluem dois desígnios: Transformar este património imaterial numa marca nacional. E criar o Hotel dos Fenómenos.

Saiba mais
Museu Spectrum em Cantanhede
27 Agosto 2019

O regresso ao futuro do ZX Spectrum no Centro de Portugal

Como tantas outras crianças portuguesas nos anos 80, João tinha um computador ZX Spectrum. Passava tardes com os amigos a jogar aqueles jogos tão peculiares, que eram carregados num gravador de cassetes. Não se limitava a jogar. Aprendeu também a programar no microcomputador. Anos depois, após um curso de engenharia Informática, uma carreira na Critical Software e um cargo de CEO na Retmarker, João Diogo Ramos decidiu que estava na hora de homenagear a máquina que tinha marcado a sua infância e moldado o seu futuro. É o maior colecionador de computadores Spectrum de Portugal e um dos mais reputados do mundo. O seu sonho é criar um Museu do Spectrum e torná-lo numa atração turística internacional na região Centro de Portugal.

Saiba mais