O Caminho de fero foi o grande empregador da segunda metade do Séc. XIX, dando origem a uma nova classe profissional, o ferroviário.