As Caldas da Cavaca encontram-se localizadas numa quinta com cerca de noventa hectares, a cinco quilómetros de Aguiar da Beira, na margem esquerda da Ribeira de Coja (afluente do Dão), num vale aprazível. São também denominadas de Termas da Cavaca e Banhos da Cavaca. No seu complexo encontra-se uma capela, junto ao balneário termal e com acesso através de vários lanços de escadaria de pedra, sendo esta de invocação a Nossa Senhora dos Remédios.

Tornaram-se conhecidas no país e no estrangeiro pelo tratamento de doenças da pele, musculo-esqueléticas e dos aparelhos respiratório e digestivo. Por iniciativa da Câmara Municipal as instalações foram recentemente requalificadas através de uma parceria público-privada, contando hojecom um balneário termal bem equipado que dispõe de um sector especializado no tratamento das vias respiratórias e outro destinado à hidrobalneoterapia. A área envolvente e a sua componente dominante de natureza tornam as Caldas da Cavaca
num pequeno paraíso localizado num vale próximo da vila de Aguiar da Beira.

INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS
Doenças do aparelho digestivo (dispepsia, gastrite, úlcera gástrica, úlcera duodenal, doença de refluxo gastroesofágico, discinesia vesicular, colelitíase, doença de Crohn / colite ulcerosa, obstipação crónica, síndrome do cólon irritável e hemorróidas);
Doenças da pele (urticária, psoríase, dermatite seborreica, eczema ato+iço
e não atópico);

Doenças musculo-esqueléticas e osteo-articulares (osteoporose, cervicalgias, dorsalgias, lombalgias e ombro doloroso, artrite reumatóide em fase não aguda, espondilite anquilosante em fase não aguda, lúpus eritematoso sistémico em fase não aguda, conectivites e recuperação pós cirúrgica, osteoartrose – coluna, ombros, joelhos, anca, mãos e pés);

Aparelho respiratório (bronquite crónica, enfisema pulmonar, asma bronquiale tabagismo, faringite, amigdalite, sinusite, rinite alérgica e otite);Hipertensão arterial, ansiedade e depressão; Aparelho circulatório(insuficiência venosa / varizes e insuficiência linfática).