Descoberta em 1932, esta é composta por seis painéis gravados em lajes de cisto ao longo de cerca de 500 metros quadrados, do final da Idade de Bronze e início da Idade de Ferro. a maior concentração de gravuras é na laje maior. A área foi recentemente musealizada.