O início da construção remonta ao período filipino (1600), tendo sido terminada no reinado de D. João IV. Destaca-se o trabalho do portal, de influência da escola coimbrã, bem como, os azulejos seiscentistas do interior.