De origem românica, foi construída em granito cuja fachada se destaca pela originalidade da torre sineira e a cachorrada que suporta a cornija. No interior destacam-se os altares e o púlpito em talha, provavelmente do século XVIII.