Dedicada a Santa Maria Maior, padroeira de Góis. No seu interior destaca-se o túmulo de D. Luís da Silveira, com a estátua orante do fidalgo, obra renascentista atribuída a Diogo de Castilho e Diogo de Torralva.

Nota: Possibilidade de visita guiada (sob marcação prévia) gratuita para grupos superiores a 10 pessoas.