Local sobranceiro ao rio Dão. Foi escolhido, no séc. XII, para a construção do primeiro mosteiro da Ordem do Santo Sepulcro na Península Ibérica. Em finais do séc. XV, o mosteiro uniu-se à Ordem de Malta, pelo que existem várias cruzes dos cavaleiros de Malta.