O Museu transporta-nos até 1907, ano em que se iniciou a construção do primeiro aproveitamento hídrico (Central da Senhora do Desterro), dos quatro existentes sobre o rio Alva, a ser instalado pela Empresa Hidroeléctrica da Serra da Estrela (EHSE), hoje EDP. Tal feito permitiu que a 26 de dezembro de 1909 a energia elétrica chegasse a Seia pela primeira vez.

Com ampliações sucessivas, esta central manteve-se em atividade até meados dos anos noventa. O seu corpo de máquinas e o seu painel de comando são verdadeiros tesouros do património industrial que enquadram uma exposição permanente acerca da eletricidade, dos recursos hídricos da Serra da Estrela e das energias renováveis em Portugal.

O museu alicerçou a sua exposição permanente nos equipamentos que durante décadas permitiram o seu funcionamento. Aqui, podemos tomar contacto com o processo de produção da central, compreendendo o funcionamento dos quatro grupos geradores equipados com turbinas Pelton, do painel do comando, da conduta, do canal de restituição da água ao rio Alva, e também, com diversas ferramentas de apoio usadas na manutenção das máquinas.

Horário
Terça-feira a domingo: das 10h às 18h*
*De outubro a março funciona das 10h às 16h
Aberto na segunda-feira de Carnaval
Encerra: 01 de janeiro, Domingo de Páscoa, 01 de maio, 24 e 25 de dezembro