A Escola Prática de Engenharia foi criada a 28 de Julho de 1880 e teve um papel de relevo tanto na Primeira Guerra Mundial, como no Guerra Colonial Portuguesa, pois a instrução das tropas, a partir de 1916, era realizada em Tancos.
Esta unidade, atual Regimento de Engenharia nº1, tem hoje à sua responsabilidade um Museu de Engenharia Militar que se trata de uma exposição permanente que foi reorganizada, ampliada e transferida para novas instalações no dia 27 de Novembro de 2008, por ocasião da Cerimónia Comemorativa dos 25 e 50 anos do TPO e CFS de Engenharia.

Indicações:
A Escola Prática de Engenharia encontra-se situada no Polígono de Tancos, ocupando uma vasta área a norte do Rio Tejo, por alturas do castelo de Almourol, na zona compreendida entre as povoações da Praia do Ribatejo e Tancos com ela confinando as instalações da actual Escola de Tropas Paraquedistas, do Comando da Brigada de Reação Rápida e da Unidade de Aviação Ligeira do Exército.

Acessibilidades:
O trajecto para a Escola Prática de Engenharia faz-se via A23, saindo em Constância Oeste e seguindo pela EN3 em direcção a Vila Nova da Barquinha. Após a placa identificativa de início do Polígono de Tancos, encontra à sua direita o Aeródromo Militar de Tancos, à sua esquerda a Escola de Tropas Paraquedistas e, após aproximadamente 1000 metros, à esquerda, encontra o acesso à Unidade.
* Polígono militar de Tancos (Escola de Tropas Paraquedistas; Escola Prática de Engenharia; Museu de Engenharia Militar).