Em Conímbriga, a história fez-se há muitos séc.s! No tempo de Augusto a cidade beneficiou de notória renovação urbanística construindo-se o fórum, as termas e a basílica.
Os testemunhos da época esplendorosa estão bem presentes nas Ruínas Romanas de Conímbriga, no Museu Monográfico adjacente às mesmas e no Castellum de Alcabideque. O período faustoso revela-se nas residências, como a Casa de Cantaber ou a Casa dos Repuxos, de peristilos ajardinados e painéis de mosaicos policromos, no Fórum, nas Termas, no Anfiteatro, nas Lojas ou no Aqueduto.
E, os fragmentos encontrados nas inúmeras escavações são parte integrante desta história e das suas personagens. As coleções de numismática, artefactos de uso diário, joalharia, cerâmica e escultura são, verdadeiramente, notáveis.

No seu imaginário transportar-se-á, seguramente, para essa época deslumbrante!

                   

Horários:

O Museu e as Ruínas estão abertos todos os dias, entre os meses de março e outubro das 10h00 às 19h00 (última entrada às 18h30).

Entre os meses de novembro e fevereiro, das 10h00 às 18h00 ( última entrada às 17h30).

Encerra: 1 de janeiro, domingo de Páscoa, 1 de maio, 24 de julho, 24 e 25 de dezembro.