É uma ilha no meio do rio Nabão, na zona norte da cidade, totalmente ajardinada e ocupada pelo Parque Municipal. À entrada, a conhecida nora, um dos ex-libris da cidade, evoca ancestrais tradições de rega.