UM LUGAR QUASE PERFEITO

Localizam-se no concelho de Idanha-a-Nova a cerca de 70 km de Castelo Branco, nas faldas da Serra de Penha Garcia junto à margem direita do Rio Erges que aqui delimita a fronteira luso-espanhola. As Termas de Monfortinho situam-se à roda das nascentes de água mineral da Fonte Santa, com ancestrais e comprovadas virtudes terapêuticas.
O belíssimo balneário das termas, inaugurado em 1940, foi sujeito em 2001 a uma profunda remodelação, efectuada pelo Arquitecto José Luís Teixeira Pinto, que reorganizou e modernizou toda a infra-estrutura criando um novo ambiente de bem-estar com áreas modernas de repouso e relaxamento. As Termas de Monfortinho proporcionam hoje uma oferta de tratamentos mais funcional melhor e melhor adaptada à crescente procura de uma faixa de utentes que vê nos balneários termais um papel importante na recuperação do equilíbrio físico e psíquico de todos os que não conseguem escapar a um dia-a-dia intenso e aos meses consecutivos das variadas preocupações da vida citadina.

Serviços individuais de bem-estar termal e repouso

Indicações terapêuticas
Doenças dermatológicas Distúrbios do sistema digestivo, circulatório, respiratório e psicossomático.

Características da água
Bicarbonatada, sódica, cálcica, magnésica, silicatada, com um dos teores mais elevados de sílica (53%) entre as águas termais de Portugal. pH de 5,45
Mineralização total: 56 mg/l
Temperatura na emergência: 29 ºC

Funcionamento
Março a Novembro

Corpo Clínico
Diretor Clínico Dr Carlos Crisóstomo (Medicina Geral e Familiar). Drª Conceição Morão (Anestesiologia), Dr Afonso Costa (Medicina Geral e Familiar), Drª Rita Crisóstomo