As águas de Monte Real eram já utilizadas pelos romanos, como atestam uma árula romana, bem como várias moedas desse período, encontradas junto à nascente, numas escavações mandadas efetuar por volta de 1806/1807 pelo então Bispo de Leiria, D. Manuel de Aguiar, que mandou edificar uma casa de alvenaria, com dois “cubículos”, cada um com uma banheira para os banhos de água termal.
Reza a lenda que a Rainha Santa Izabel, nas suas estadias em Monte Real com o Rei D. Diniz, aqui distribuiria a água termal aos doentes que as procuravam.

Por volta de 1916, um industrial e proprietário abastado da Ortigosa, Manuel da Silva Pereira, adquiriu em hasta pública à Câmara Municipal de Leiria, a propriedade das nascentes de águas termais, àquele tempo quase abandonadas.

Comprou terrenos à volta da nascente de água termal, rasgou a avenida das termas, construiu um balneário e o grandioso hotel, e iniciou uma organizada propaganda das Termas de Monte Real por todo o país.
Em 1925, legou a propriedade ao seu sobrinho Olympio Duarte Alves, e a partir daí começou o ressurgimento de Monte Real.
Com um plano elaborado pelos arquitetos Korrodi, (pai e filho), concluiu o grande hotel que logo entrou em exploração, e transformou e ampliou o antigo balneário dotando-o dos melhores equipamentos para os tratamentos termais.

A partir dos anos 50 e até aos anos 80 as Termas de Monte Real passaram a ser as mais frequentadas do país e até da Península Ibérica.
Foram frequentadas por figuras conhecidas da sociedade portuguesa, desde o Dr. Adolfo Coelho da Rocha, (Miguel Torga), D. Maria Teresa de Noronha, (reconhecida Senhora da sociedade e fadista), e tantos mais e ainda, como por exemplo, mais recentemente, o historiador Joaquim Veríssimo Serrão. Em 2005 as Termas de Monte Real foram adquiridas pelo Grupo Lena, e por essa ocasião todo o complexo sofreu profundas obras de construção e reestruturação; o novo projeto foi inaugurado em julho de 2009, já com instalações renovadas e novos serviços, passando ser, sem dúvida, uma das melhores estâncias termais do país.
Atualmente, o Resort conta com o balneário termal, o Palace Hotel, e o Spa, tudo integrado nos 24 hectares de área verde envolvente.

INDICAÇÕES TERAPÊUTICAS
As suas termas para o tratamento e prevenção de doenças do aparelho digestivo, músculo-esquelético e respiratório.

Aparelho Digestivo
A Água Termal de Monte Real tem uma ação estimulante do funcionamento intestinal e vesicular. Saliente-se que esta ação terapêutica perdura muito para além do período de tratamento, sendo que por vezes o seu efeito só se faz sentir após concluída a terapia.

No Aparelho Locomotor – Reumático/Músculo – Esquelético
O enxofre existente na Água Termal é absorvido através da pele, tornando-se benéfico para as articulações contrariando o seu natural processo degenerativo.

No Aparelho Respiratório
A componente sulfurosa da Água Termal confere-lhe uma ação dessensibilizante sobre a mucosa das vias respiratórias superiores.
Através de inalações são observadas melhorias em sinusites, rinites alérgicas, rinites, faringites e faringo-laringites.

Listagem de Tratamentos Termais Clínicos – Ingestão de Água Termal
>> Piscina Termal Ativa
>> Hidroterapia:
• Hidromassagem
• Banho de imersão
• Banho de bolha de ar
• Banho de imersão / subaquático
• Duche escocês
• Duche circular
• Duche Massagem

>> Ventiloterapia:
• Inalação
• Aerossol simples
• Inalação e aerossol (Infantil)

>> Eletroterapia:
• Alta frequência
• Ondas curtas
• Ultrassons
• Pressoterapia

>> Outros Tratamentos:
• Enteróclise
• Gota a gota

>> Cinesiterapia:
• Calor húmido
• Fango-Parafina
• Massagem parcial
• Massagem Geral

O que é a Água Termal e quais as características da Água Termal de Monte Real?
A Água Termal é também conhecida como água mineral natural ou mineromedicinal. É uma água bacteriologicamente própria e de circulação profunda. Assume particularidades físico-químicas estáveis na origem, das quais resultam propriedades terapêuticas ou simplesmente efeitos favoráveis à saúde.
A Água Termal de Monte Real é sulfúrea neutra, sulfatada cálcica, rica em sais minerais: magnésio, sulfatos, cloretos, bicarbonatos e elementos raros: iodo, bromo, flúor, arsénico e lítio.

O que é um tratamento termal clínico?
O tratamento termal é um conjunto de ações terapêuticas utilizadas por um termalista, e prescritas pelo corpo clínico da estância termal.
Os tratamentos termais para além da sua ação curativa são um ótimo meio para encontrar o bem-estar, descanso e combater o stress.

Antes de fazer tratamento termal devo consultar o meu médico de família?
Pode consultar o seu médico de família de forma a obter uma credencial onde seja prescrita a frequência das Termas de Monte Real para realizar o seu tratamento termal.
No entanto, para frequentar um tratamento clínico, não o pode iniciar sem consulta prévia ao nosso corpo clínico, mesmo que já tenha ido ao seu médico de família. Só o corpo clínico da estância termal tem a competência para a prescrição dos tratamentos mais adequados a cada caso, nas nossas termas.

Que cuidados devo ter ao fazer um tratamento termal clínico?
Um tratamento termal clínico exige-lhe determinadas atenções. Conforme o caso, pode ser prescrito pelo médico, por exemplo uma dieta ou um cuidado especial com certas práticas, tais como banhos de mar, desportos mais exigentes ou outras atividades.

Para que são indicadas as Termas de Monte Real?
As Termas de Monte Real estão indicadas para afeções do aparelho digestivo (intestinos, vesícula biliar entre outras), afeções reumáticas e músculo esqueléticas (artrites, artroses, descalcificação, doenças dos ossos e articulações, reumatismo) e algumas afeções respiratórias (sinusites, rinites, rinites alérgicas, faringites, faringo-laringites).
Para além de estarem vocacionadas para o tratamento destas e outras afeções, as Termas de Monte Real são um excelente meio de prevenção de diversas patologias e um ótimo local para descanso e recuperação da forma física e mental.